terça-feira, 26 de junho de 2012

Afinal, Deus e Jesus são um só?

Certa vez estava conversando com um amigo sobre Deus e uma questão causou certa dúvida. Afinal Deus e Jesus são o mesmo ser? A mesma pessoa? De acordo com o que li na própria Bíblia acredito que não. Várias pessoas afirmam que sim, mas neste post vou apenas citar os motivos de pensar diferente.

Em Gênesis 1, 26 está escrito "E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra", nota-se que está escrito façamos à nossa imagem, ou seja a imagem de Deus e Jesus.

Em Mateus 28, 18-20 está escrito "E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém." ao ler está passagem fica claro e evidente que Deus dá toda autoridade sobre o céu e a terra a Jesus.

Talvez uma das passagens que mais me convence que o modo que penso é o  correto, é a mensagem está escrita em Marcos 13, 31-33 "Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão. Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos que estão no céu, nem o Filho, senão o Pai.  Olhai, vigiai e orai; porque não sabeis quando chegará o tempo."  Está bem claro que Jesus não sabe quando irá voltar, esta informação pertence apenas ao nosso senhor Deus.

Em Lucas 18, 18-19 "E perguntou-lhe um certo príncipe, dizendo: Bom Mestre, que hei de fazer para herdar a vida eterna?  Jesus lhe disse: Por que me chamas bom? Ninguém há bom, senão um, que é Deus." Nesta passagem nota-se que Jesus, nosso salvador enviado por Deus, é extremamente humilde e afirma que não há ninguém bom, se não Deus.

Tão importante quanto, o texto do livro de Marcos, é Colossenses 1, 12-20 "Dando graças ao Pai que nos fez idôneos para participar da herança dos santos na luz;  O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor;  Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a saber, a remissão dos pecados;  O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele.  E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.  E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência.  Porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse,  E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus." neste texto diz que Jesus é a imagem de Deus, a primeira criação, porque em Jesus foram criadas todas as coisas, tudo foi criado por Jesus e para ele. Porque foi do agrado de Deus que todo a plenitude, ou seja, tudo que há de bom em Deus, habitasse em nosso senhor Jesus.

Outras passagens importantes estão no livro de Apocalipse, em Apocalipse 1,1 "Revelação de Jesus Cristo, a qual Deus lhe deu, para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e pelo seu anjo as enviou, e as notificou a João seu servo;" e em  Apocalipse 5, 1-14 "E vi na destra do que estava assentado sobre o trono um livro escrito por dentro e por fora, selado com sete selos.  E vi um anjo forte, bradando com grande voz: Quem é digno de abrir o livro e de desatar os seus selos?  E ninguém no céu, nem na terra, nem debaixo da terra, podia abrir o livro, nem olhar para ele.  E eu chorava muito, porque ninguém fora achado digno de abrir o livro, nem de o ler, nem de olhar para ele.  E disse-me um dos anciãos: Não chores; eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu, para abrir o livro e desatar os seus sete selos.  E olhei, e eis que estava no meio do trono e dos quatro animais viventes e entre os anciãos um Cordeiro, como havendo sido morto, e tinha sete chifres e sete olhos, que são os sete espíritos de Deus enviados a toda a terra.  E veio, e tomou o livro da destra do que estava assentado no trono.  E, havendo tomado o livro, os quatro animais e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo todos eles harpas e salvas de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos.  E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda a tribo, e língua, e povo, e nação;  E para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra.  E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões, e milhares de milhares,  Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças.  E ouvi toda a criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que está no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre. E os quatro animais diziam: Amém. E os vinte e quatro anciãos prostraram-se, e adoraram ao que vive para todo o sempre."


Quero deixar bem claro que este post não tem por objetivo questionar a autoridade do senhor Jesus, que veio a terra para ser nosso salvador, para todos aqueles que o aceitarem. Mas o verdadeiro interesse é citar passagens bíblicas que se contradiz com o que é pregado em muitas igrejas.

Conheço as passagens que estão escritas no livro de João que dizem que Deus e Jesus são apenas um, porém  no meu ponto de vista, são duas pessoas diferentes. Estão sempre em comunhão de ideias, quem procura o Pai encontra o Filho.  Seria como se alguém procura-se um conselho de Deus e Jesus recebesse o mesmo conselho de forma igual, porque os dois pensam da mesma forma.

Em breve, postarei um novo texto citando mais passagens, enquanto isso estou totalmente aberto para conversar em bom nível com pessoas que pensam diferente, pois afinal não sou o dono da verdade, pois a verdade pertence apenas ao Deus nosso criador e seu amado filho Jesus, nosso salvador.



Um comentário:

  1. Olá Paulo!
    Bom na minha humilde opinião ele mandou seu filho unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça mas tenha a vida eterna, porém se ele mandou seu filho então ele, Deus, é pai de jesus, não poderia ser ambos a mesma pessoa dentro de nossa limitada lógica, também ele disse pra Deus: pai perdoai-vos porque eles não sabem o que fazem! E muitas vezes se refere a Deus na terceira pessoa, ele, como se fosse uma outra pessoa.
    Mas segundo a Bíblia, Deus não só deu seu filho, e sim também veio a terra na forma humana, ai ele teria que ter todas qualidades humanas pra conseguir assimilar os pecados humanos: Lógico, se ele fosse Deus, não teria sentido, ele teria que ser um homem. Mas como a natureza divina e humana não poderiam estar juntas num mesmo corpo, ele veio como se fosse uma pessoa não consciente de seu poderes, assim uma pessoa comum.
    Ou seja, ele não era Deus propriamente dito e sim uma manifestação humana não consciente de Deus que tinha uma missão pré estabelecida, pois segundo a Bíblia diz que Deus e Jesus eram um só. Ou seja, segundo uma lógica divina inacessível a mente humana, Deus tem uma concepção diferente do EU.
    Já que assim, porque ele não poderia ter se manifestado em vários locais ao mesmo tempo, cada qual de acordo com uma cultura, sendo Buda, Alá, Brahama, etc,,,cada qual com seu método de pregação diferente de acordo com as possibilidades de cada lugar? Assim acabávamos com essas malditas guerras que existem com as religiões. Outra: já que é uma lógica que não compreendemos, o que impede que mesmo sendo ateu e obedecendo seu preceitos, já que ele está em tudo, conseguir mesmo assim a purificação dos seus pecados? Quando ele diz "a salvação de ser humano só pode ser feita através de mim" Ele não poderia estar falando de todas as suas manifestações existentes no planeta, em vez de apenas, dentro de nossas concepção limitada,uma versão?
    abraços!

    ResponderExcluir